Sobre Amado Neto

Por: Denise Oliveira

3.jpg

 

 

Princípios:

Integridade, empatia, solidariedade e transparênica nas relações.

Perfil:

Multiplas inteligências,  multiplas competências, dinamismo, automotivado, motivador, realizador, inquieto e resiliente.

Pensamento:

"Uma pessoa que não se orgulha da sua própria história de vida, não é uma pessoa confiável".

Algumas formações:

 

Personal Coach (SLAC - Sociedade Latino Americana de Coaching) | Financial Coach pela ICF (Instituto Coach Financeiro) | Consultor BMG (Business Model Generation) pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing). Consultor Empresarial pela ABRACEM (Associação Brasileira de Consultores Empresariais) nos anos 2011/2012/2013, com certificação pela mesma instituição.

Uma rica história de vida

A origem e os sonhos

Nascido em São Paulo, Capital, com o nome de Ahmad Sunbulat Neto, em 03 de fevereiro de 1964, sua familia mudou para a cidade de Araçatuba, SP quando tinha apenas três anos. Aos 13 anos mudou-se, novamente com sua família, para a cidade de Bauru, também no interior do Estado de São Paulo. Desde muito jovem alimentava dois sonhos; um era ser mecânico automotivo e o outro era ser jornalista (Todos diziam que era muito curioso e que gostava de uma boa conversa). Mas, mesmo com esses sonhos, seu primeiro trabalho foi na indústria gráfica, no ano de 1978, onde era chamado apenas de “Neto”.

 

A dupla jornada de trabalho

Embora trabalhasse como gráfico durante a semana, aos sábados, participava como aprendiz de um programa na antiga rádio Auriverde AM 760 kHz, na cidade de Bauru, no interior de São Paulo, atual Rádio Jovem Pan 97,5 MHz. No ano de 1982, quatro anos depois, mudou-se para a capital, onde continuou trabalhando no setor gráfico e, ainda aos sábados, assumiu a locução da extinta Rádio comunitária Ativa FM 102 Hz., na zona Sul de São Paulo, ocasião em que adotou o primeiro nome artístico, passando a ser conhecido como o mesmo nome do programa: Programa Armandinho Neto.

 

A tripla jornada de trabalho e a realização do sonho de ser mecânico de automóveis

Em 1984, no mesmo ano do seu primeiro casamento com a jovem Rosemary, prestou concurso para ingressar na Polícia Militar do Estado de São Paulo e, no ano seguinte, 1985, ingressou na escola militar do 5.o BPMI/SP na cidade de Taubaté, onde se formou Soldado PM, sendo que nesse mesmo ano nascia o primeiro filho desse casamento. Mesmo trabalhando como soldado, continuava as apresentações em rádio aos sábados e, nos dias de folga durante a semana, ia para oficinas mecânicas - começava a realizar seu segundo sonho que era ser mecânico automotivo. Na ocasião, durante o ano de 1986, ajudava na manutenção das viaturas de polícia da sua companhia, 3.a CIA do 12.o BPM/M, hoje 22º BPM/M Cidade Ademar, bairro da zona sul de São Paulo. Essas três atividades, Soldado PM, mecânico nas horas vagas e locutor de rádio aos sábados proporcionaram-lhe uma riqueza de conhecimento muito grande.

 

Mas o jovem soldado sentia que precisava de mais liberdade para explorar outras possibilidades de trabalho e ganhar novos conhecimentos. Foi então que, no início do ano de 1987, decidiu sair da PM; pediu sua baixa em janeiro; dois meses após, em março do mesmo ano, saiu da corporação. Imediatamente passou a dedicar mais tempo a função de mecânico e ao programa de rádio que passou a ser diário, das 06h00 às 08h00. Em seguida, após o programa de cada dia, ia para o seu primeiro empreendimento, uma oficina mecânica, ainda na capital paulista.

 

A mudança de atividade e a falência

Sempre inquieto e muito dinâmico, resolveu conhecer outros lugares, novas pessoas. Em 1994 encerrou suas atividades em São Paulo e mudou-se para Belo Horizonte, capital mineira, onde montou seu segundo empreendimento; uma segunda oficina mecânica, no bairro Barreiro de Baixo. Decidiu, também, que iria dar um tempo com os programas de rádio. A oficina ia muito bem, pagava com sobra as despesas e mantinha um bom nível econômico.

 

Foi em 1999, cinco anos depois de se mudar para a capital mineira e montar a segunda oficina mecânica, que decidiu aprender uma nova profissão, e fundou a “Suprema, Construções e Reformas”. No início, usou a oficina como base operacional, divulgando os serviços no Jornal O Estado de Minas. A resposta foi rápida e massiva. Na época, havia muitos pedidos de orçamento, mas os fechamentos de contrato não ocorriam. Havia criado um fundo financeiro de manutenção capaz de aguentar 6 meses, porém, apenas um contrato foi firmado nesse período, cujo valor não cobrira o total das despesas. Passado esse tempo, estava financeiramente falido. Ao contrário de outras vezes, dessa vez a aventura empreendedora não fora bem sucedida.

 

A volta para São Paulo e a nova mudança de atividade

No ano de 2000, seis anos após mudar-se para Belo Horizonte, voltou para São Paulo, sem oficina e sem dinheiro para recomeçar. Divorciado da primeira esposa, iniciou uma nova relação com uma cabeleireira, na zona sul da cidade. Em certo momento observou que havia vários aparelhos profissionais do salão que estavam parados por falta de manutenção. Como tinha experiência técnica, como mecânico que era, enxergou uma nova possibilidade de trabalho em um negócio desafiador. Passou a visitar e consertar os aparelhos dos salões de beleza da região. Em menos de um ano já era muito requisitado, com centenas de clientes satisfeitos. A essa altura, a dedicação ao novo trabalho era total. Estava afastado da construção civil há pouco tempo, e do rádio e da manutenção de automóveis há muito tempo. Até 2005 trabalhou somente nos salões, consertando e restaurando aparelhos.

 

O Professor

Em 2005 decidiu deixar a manutenção dos salões de beleza, reunir os conhecimentos adquiridos nas oficinas mecânicas e ensiná-los a outras pessoas. Procurou pelas escolas técnicas e foi contratado pela antiga Escola Argos, em Santo Amaro, São Paulo, onde lecionou por três anos, até 2008. Nesse período formou dez turmas de mecânicos. E foi também neste período que ficou conhecido por algumas escolas Senai, sendo contratado como professor freelance para turmas específicas. No Senai Almirante Tamandaré lecionou para alunos da Ecovias, concessionária das estradas Imigrantes e Anchieta, ambas de acesso da capital ao litoral paulista. No Senai Mariano Ferraz, Vila Leopoldina, lecionou para um grupamento do exército brasileiro.

 

O Negociante, o Mentor e o Consultor

No início de 2009 voltou a visitar os salões de beleza, mas desta vez apenas como vendedor de produtos cosméticos e aparelhos profissionais. Trabalhara neste novo empreendimento por três anos, até o final de 2012. Neste período, em janeiro de 2011, fez seu primeiro curso de Coaching, na SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching) em São Paulo. Formado, meses depois, iniciou na carreira com grande sucesso. No mesmo ano fez o segundo curso; Financial Coaching, e entrou para a ABRACEM (Associação Brasileira de Consultores Empresariais), aprendendo sobre mentoria e o curso BMG-Canvas pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing). Juntando todos estes conhecimentos: Mentoring, Personal Coaching, Financial Coaching e Consultor de projetos de Negócios, desenvolveu excelência em consultoria empresarial e desempenho profissional.

 

A realização do sonho de ser Jornalista

Do universo automotivo e do ramo da manutenção em salões nada foi retomado, mas no ano de 2017, deixou tudo para trás e foi viajar por uns tempos. Em uma motocicleta viajou para várias cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, sobrevivendo das consultorias que prestava a pequenos empresários. Fez uma parada, por um período mais longo, numa pequena cidade do Sul Mineiro, chamada Bueno Brandão.

 

Foi em Bueno Brandão que voltou às suas origens na comunicação e ressuscitou o locutor de rádio, fazendo, novamente, o Programa Armandinho Neto, na Rádio Alfa FM 98,5. O programa que se tornara rapidamente um sucesso na região, tinha um quadro de entrevistas com diversas personalidades da cidade e das cidades vizinhas. Dentre os entrevistados estão: Prefeitos, vereadores, médicos, empresários, juízes, promotor de justiça, delegado de polícia e comandantes militares. O programa durou até meados de 2018 e, nesse período, conseguiu, junto ao MTE (Ministério do Trabalho e Emprego, de Pouso Alegre, MG) os registros profissionais como Radialista e Jornalista.

 

O jornalista, o mentor, o coach e o orientador de carreiras e negócios

Em maio 2019 estava de volta ao estado de São Paulo, só que desta vez, morando na cidade de Indaiatuba, onde iniciou um programa de entrevistas para a internet, com o pseudônimo de Amado Neto, nome que foi estendido ao trabalho de consultoria empresarial, também. No mesmo modelo do programa de entrevistas de rádio, o Programa Bate-Papo com Amado Neto já fez diversas entrevistas com políticos, autoridades religiosas, artistas do teatro e da música, memorialistas, dentre outros, desde julho de 2019. Em abril de 2020 fundou o Instituto Vórtice, consultoria e escola de consultoria para empresas e negócios.

 

Escrito por: DENISE OLIVEIRA

Sou Denise Oliveira, nascida em São Paulo, profissional do mundo corporativo, amiga do Amado Neto.

 

Eu o conheci no ano de 2009 e, desde então, estabelecemos uma relação de amizade sólida. Sei da sua trajetória de vida através da memória dos nossos incontáveis diálogos, ao longo desses anos todos, além de fotos, registros particulares, pessoas que conviveram com ele e de visitas que fizemos, durante algum tempo, pelos lugares onde ele viveu e construiu sua rica história de vida.

 

A partir de 2009, acompanhei tudo o que lhe aconteceu, com riquezas de detalhes e, mesmo quando não estávamos próximos, falávamos sobre tudo que fez, seus sonhos e realizações, aventuras e desventuras, e posso afirmar que ele tem uma história de vida incrível e respeitável. Suas experiências, nos mais diversos campos da vida e dos negócios, servem de inspiração para qualquer pessoa. Eu que vivi toda a minha vida profissional no mundo empresarial e que sou testemunha de suas habilidades, seu espirito empreendedor, sua fácil comunicação e seu sincero desejo de ajudar outras pessoas a realizar seus sonhos e projetos, posso dizer que ele é a pessoa ideal para dirigir alguém pelos caminhos do sucesso.

mdenise.oliveira@bol.com.br

 

Denise.jpg